Froostrados

quarta-feira, Janeiro 19, 2005

Cantoras pimba

Primeiramente, como administrador deste blog, deixem-me dar as boas vindas ao nosso novo colaborador, o froostrado5. Muito dinheiro e esforço foram gastos na contratação desta esperança que eu próprio descobri, modéstia à parte. Mas vocês, aspirantes a comediantes não esperem que possam ingressar nesta elite de geniais criadores só porque a vossa família diz que têm jeito para contar anedotas aos almoços de domingo.

Mas vamos a coisas sérias.

Uma coisa que me chateia bastante são as cantoras populares, ou como nós pessoas normais lhes gostamos de chamar, cantoras pimba! Não por implicância nem nada disso, mas as cantoras populares são as que cantam nos ranchos, apesar disso também não abonar nada em favor delas. O grau de ridículo é semelhante.
Mas a verdade é que estas Carlas Sorayas loiras falsas a cantar músicas foleiras em playback recebem praí 1000 contos para ir cantar e fazer as delícias de meia dúzia de aldeões que, depois de 3 copos de tinto, já dançam qualquer coisa...
Os emigrantes também as adoram quando elas vão cantar "lá na Fráunça", sentem-se mais perto de Portugal (eu se visse um concerto desses só me sentia perto era de vomitar). No fim de contas, elas só podem ser filhas de pais emigrantes, porque custa-me bastante a acreditar que Soraya, Tatiana ou Vanessa sejam nomes portugueses.
O emigrante também é uma espécie que me repugna bastante, mas sobre ela falarei num post futuro. Fiquem atentos!

Saudações froostradas

4 Comments:

  • E se elas querem um abraço ou um beijinho, nós pimba!

    By Anonymous Anónimo, at 5:14 da tarde  

  • E se elas querem um abraço ou um beijinho, nós pimba!

    By Anonymous Anónimo, at 8:05 da tarde  

  • DA TUA PILA NÃO FALAS TU!

    By Anonymous Anónimo, at 12:26 da manhã  

  • Nem a propósito... Estou a preparar um grande texto sobre ela com ilustrações à escala e tudo, Mas quem tiver um monitor menor do que 19' terá grande dificuldade em visualizar a imagem por inteiro.

    By Blogger Froostrado, at 12:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home